Acusado de matar esposa em Bayeux foi morto na Bahia

-

A polícia confirmou que acusado de matar a própria esposa no Mário Andreazza, em Bayeux, foi assassinado na Bahia três dias depois do crime. O feminicídio foi registrado no último dia 4 de outubro.

Baiano, como era conhecido, era procurado por ser o principal suspeito de ter matado a esposa identificada como Damares, de 22 anos. A família da jovem temia que ele fugisse para a Bahia, seu estado de origem.

O corpo dela foi encontrado por familiares com as mãos amarradas, um travesseiro na cabeça e uma faca cravada no peito em cima da cama onde o casal morava na cidade de Bayeux.

Segundo a polícia da Bahia, traficantes teriam expulso o acusado do local onde estava escondido. Como ele se negou a atender a ordem, foi assassinado na noite do dia 7 de outubro com mais de 10 tiros.

A informação foi confirmada ao blog pelo delegado Ademir Fernandes, chefe do Núcleo de Homicídios da cidade de Bayeux.

Últimas

Idealizadores da Barragem Retiro foram esquecidos em sua inauguração

A solenidade aconteceu nesta sexta (04) e contou com representantes dos governos Estadual e Federal

Junto com Buba, João visita obras do Estado no Curimataú

A programação começa às 9h pela cidade de Cubati e encerra as 17h na cidade de Barra de Santa Rosa

Vereador Marcos Bandeira prestigia inauguração da loja Havan em JP

Marcos estava acompanhado da filha Heloyse Bandeira e integrando a comitiva do prefeito Cícero Lucena

Prefeita Simone anuncia pagamento do Garantia Safra de Damião

De acordo com ela, serão cerca de R$ 300 mil investidos na economia da cidade

Aido destaca importância de tomógrafo para Frei Martinho e região

A expectativa é que a sua instalação seja concluída ainda no primeiro semestre de 2022

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui